O que 11 minutos de exercício pode fazer pelo seu cérebro

Em 05/10/2022
Mulher fazendo atividade física ao ar livre.

O Home office, apesar de preferido por muitos, ainda está sendo discutido em termos de bem-estar. Desde sua implementação, estamos nos adaptando a nova rotina.

Um dos problemas do home office é o que chamamos de “counter effects of sitting”, que são os efeitos negativos de estar sentado por muitas horas num único lugar. Segundo pesquisadores, as desvantagens do “trabalho de escritório” se intensificam quando o escritório é em casa, uma vez que a rotina de ir até o trabalho é sentida pelo nosso cérebro.

Mas o que fazer, então?

Para diminuir o impacto negativo gerado no nosso corpo e mente pelo home office, o exercício físico é o mais recomendado. Ouvimos muito por aí o tal “tempo ideal” de treino, geralmente em torno de 1h a 2h por treino, mas você sabia que apenas 11 minutos por dia já pode fazer muito por você?

De acordo com um estudo publicado no jornal The NY Times, 11 minutos de exercícios diários já são suficientes para mudar a sua vida e garantir uma longevidade maior e com mais qualidade.

Além dos benefícios físicos, 11 minutos de atividade física causam um aumento do fluxo sanguíneo no cérebro para várias partes do córtex pré-frontal. O córtex pré-frontal desempenha um papel importante no controle do humor e das funções executivas.

O mesmo estudo mostra que 35 minutos diários é o tempo máximo ideal para quem espera um resultado apenas no seu bem-estar.

Lembrando que essas recomendações não são para resultados de performance e sim apenas ao falarmos de bem-estar.

Quanto ao exercício sugerido, o jornal garante: uma atividade leve ou moderada é o ideal, podendo ser uma caminhada ou corrida leve na rua. O importante é movimentar-se!

💡
Quer começar aos poucos? No App da Mude você encontra nosso material On Demand, para que você possa se exercitar onde estiver. Em casa, no escritório ou até em uma de nossas academias, a Mude está com você, te acompanhando na sua jornada de bem-estar.